Terça, 12 Dezembro 2017

Nova direção do PT/SC toma posse em evento na FECESC

Com o auditório da FECESC lotado, a cerimônia de posse da nova direção do Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina (PT/SC) aconteceu na última quarta-feira (14). O partido passa a ser comandado pelo deputado federal Décio Lima, que foi eleito durante o 6º Congresso Estadual do PTSC, que aconteceu em maio deste ano. Participaram do evento líderes do PCdoB e PDT, a forte presença da militância petista, além de deputados e deputadas estaduais e federais do partido no Estado.

O presidente empossado do PT/SC, deputado federal Décio Lima, em sua fala, afirmou que o PT é o partido que luta pela classe trabalhadora, pelas camadas mais empobrecidas da sociedade e que luta pela distribuição de renda.

“Nós somos aqueles que nos emocionamos com a pobreza e com a miséria, com o desemprego, nós somos diferentes, é por isso que passamos por esse tsunami, não nos subvertemos, não desistimos e não nos acovardamos neste momento. Nenhum outro partido nesse país teria resistido se não tivesse esses valores. Não vamos nos curvar nunca. A nossa tarefa é de muita responsabilidade, que talvez a gente atormentado com o processo de criminalização da política, ainda não entendemos o conteúdo dela. A nossa tarefa é de responsabilidade pelo número de desemprego e desestabilidade no país. Precisamos construir um conteúdo que possa apaixonar o povo de Santa Catarina e nós sabemos que isso é possível”, explanou Décio.

O deputado federal Pedro Uczai, empossado como vice-presidente do PT/SC, disse que é preciso reforçar o enfrentamento aos golpistas, principalmente ao governo Temer e a agenda de retrocessos. “Precisamos preparar o nosso time para a disputa eleitoral de 2018 em Santa Catarina, quanto no plano federal. A presença da nossa militância em Curitiba em defesa do presidente Lula foi simbólica e teve um legado político enorme, portanto, devemos fazer de toda luta um espaço para garantir que Lula seja nosso candidato, porque ele será o nosso presidente”, afirmou.

Claudio Vignatti, que até então era o presidente do PT/SC e passou o bastão para Décio Lima, ressaltou que o momento sempre será difícil, mas o partido passou por momentos muito mais difíceis nos últimos períodos. “Nossa ação de não arredar o pé das ruas, de fazer a disputa e o enfrentamento ao golpe fez com que este governo golpista sofresse um enorme desgaste, foi a nossa capacidade política, o PT reagiu, os movimentos sociais e sindicais reagiram ao golpe. O povo nos ensinou que temos que continuar fazendo o diálogo. O segredo do processo é voltar a tratar a política como tem que ser tratada, fazendo o enfrentamento e disputado a versão na sociedade. Nós temos que fazer o nosso papel em Santa Catarina”, disse.

A presidenta da CUT/SC, Anna Julia Rodrigues, disse que parte do judiciário tem lado, e não é o lado dos trabalhadores, ainda de acordo com ela, o lado deles é a burguesia, que não aceitou que milhares de brasileiros tiveram acesso a uma casa, a universidade. “Enquanto classe trabalhadora, nós temos um desafio muito grande com o partido de estar ocupando as ruas. Nós nunca saímos das ruas, a Central nunca titubeou nisso, fomos os primeiros a denunciar um golpe contra a classe trabalhadora. A cada dia estamos sofrendo mais aos ataques aos nossos direitos, como as reformas da Previdência e Trabalhista, que vai atacar muito mais as nossas vidas e nós precisamos esclarecer toda a sociedade no que isso implica”, garantiu.

Vilson Santin, coordenador estadual do MST, afirmou que o momento em que estamos vivendo no país, principalmente no caso da classe trabalhadora e movimentos sociais e sindicais, talvez seja o ataque mais cruel das últimas décadas. “Nós do MST não temos dúvidas que esse é o pior ataque, por parte da burguesia brasileira, à classe trabalhadora. Nós não vamos arredar nenhum milímetro para os golpistas”, falou.

0
0
0
s2sdefault

Cartilha, Direito de Resposta

Nosso Endereço

Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina.
Praça Olívio Amorim, 36, CEP: 88.020-090, Florianópolis - SC
Fone/Fax: 48 3028-6313

Editar o site