Sexta, 18 Agosto 2017

Novos ataques da “Isto É” ao PT e à presidenta nacional tentam desviar a atenção do povo para a situação...


Leia Mais

Caravana LULA pelo Brasil


Leia Mais

Novos ataques da “Isto É” ao PT e à presidenta nac...

Caravana LULA pelo Brasil

Luciane repercute caso de mulheres assassinadas no Oeste e denuncia alto número de feminicídios em SC

Na última segunda-feira, uma jovem de apenas 15 anos e suas irmãs (de 12 e 23 anos) foram assassinadas pelo ex-companheiro dela, no interior de Cunha Porã, na região Oeste. Esse caso chocou os catarinenses e expôs a situação crítica de violência doméstica e familiar vigente em SC. O assunto foi abordado pela deputada estadual Luciane Carminatti no plenário da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, 01. Segundo a parlamentar, Santa Catarina aparece como o quarto estado brasileiro com maior índice de assassinatos de mulheres. “Em algumas cidades catarinenses, os feminicídios representaram 40% dos assassinatos cometidos em 2016.

No Brasil, o namorado, marido ou parceiro íntimo é o responsável por 80% dos casos de agressão denunciados e por mais da metade dos assassinatos de mulheres. Essa situação é inadmissível”, denunciou Luciane.

No Oeste, que liderou o número de mortes de mulheres nos últimos dois anos, a situação é ainda mais grave. Em 2015 e 2016, 33 mulheres foram mortas pelo parceiro ou por parente próximo nas cidades da região. “Neste ano, em apenas dois meses, já nos deparamos com dois casos muito violentos: as irmãs assassinadas em Cunha Porã e três pessoas mortas em Barra Bonita, também em um crime motivado por ciúmes, posse e não aceitação do fim do relacionamento”, ressaltou a deputada.

Em março de 2015, quase 10 anos após a Lei Maria da Penha, a Lei do Feminicídio foi sancionada. Este crime foi inserido no Código Penal Brasileiro como circunstância qualificadora de homicídio, ou seja, para assegurar maior rigor na punição dos assassinatos de mulheres executados no âmbito familiar ou tendo o gênero das vítimas como principal fator motivador. “Para o crime de homicídio, a pena prevista é de 6 a 20 anos de reclusão. Com a condição qualificadora do feminicídio, a pena passa a ser de 12 a 30 anos”, esclareceu.

"Quantas leis e aparatos legais são necessários para colocar um fim na violência e impedir a morte de mulheres? Esse assunto precisa ser debatido e encarado de frente pela sociedade e pelo poder público. Em muitos casos, assim como na tragédia que ocorreu em Cunha Porã, as mulheres procuram a delegacia, registram um boletim de ocorrência e até conseguem que medidas protetivas sejam decretadas, mas isso não se reflete em uma proteção efetiva e não evita que o pior aconteça. As leis existem, mas precisamos de ações mais enérgicas, que realmente interrompam ciclos de violência doméstica e protejam as mulheres e suas famílias", concluiu Luciane.


Foto: Miriam Zomer/Agência AL

--

ESTER KOCH DA VEIGA
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
048 9911-0347
WhatsApp 049 9177 1112

 

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

PT mobiliza militantes no oeste e extremo oeste neste final de semana

16 Agosto 2017
PT mobiliza militantes no oeste e extremo oeste neste final de semana

O Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina fará uma extensa agenda neste final de semana no Oeste do estado, onde o presidente e deputado federal Décio Lima e demais membros da executiva participarão de uma série de reuniões e atividades partidárias. Os encontros são a continuação do roteiro de plenárias...

Caravana LULA pelo Brasil

14 Agosto 2017
Caravana LULA pelo Brasil

LULA PELO BRASIL -> Confira aqui em primeira mão o roteiro inédito da caravana do ex-presidente pelo Nordeste, que começa dia 17 de agosto agora, em Salvador: http://bit.ly/2vJeNGL

NOTA DE FALECIMENTO: Companheiro Carlos Araújo, Presente!

12 Agosto 2017
NOTA DE FALECIMENTO: Companheiro Carlos Araújo, Presente!

A Direção Estadual e as Bancadas Estadual e Federal do Estado de Santa Catarina manifestam seu profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado Carlos Franklin Paixão de Araújo, aos 79 anos, em Porto Alegre. Advogado trabalhista, Carlos Araújo combateu a ditadura, sendo militante das organizações Colina e VAR Palmares. Foi preso...

Novos ataques da “Isto É” ao PT e à presidenta nacional tentam desviar a atenção do povo para a situação do Brasil

12 Agosto 2017
Novos ataques da “Isto É” ao PT e à presidenta nacional tentam desviar a atenção do povo para a situação do Brasil

  NOTA DO PT DE SANTA CATARINA Não causa nenhuma surpresa o fato da Revista IstoÉ estar novamente atacando, com ofensas e mentiras, mais uma liderança de esquerda, em matéria de capa nesta semana. Desta vez a vítima é a presidenta do PT Nacional, senadora Gleisi Hoffmann. Este tipo de abordagem, longe...

PT realiza planejamento e define prioridades para o próximo ano em SC

06 Agosto 2017
PT realiza planejamento e define prioridades para o próximo ano em SC

A nova direção estadual do Partido dos Trabalhadores esteve reunida no último final de semana para a realização do planejamento estratégico da sigla para os próximos doze meses. O evento reuniu deputados, lideranças e militantes durante dois dias em Florianópolis, estabelecendo prioridades, diretrizes de atuação e um conjunto de ações...

Nota Oficial do PT de Santa Catarina

12 Julho 2017
Nota Oficial do PT de Santa Catarina

O Brasil assiste hoje a um dos acontecimentos mais tristes de nossa história recente. A condenação do presidente Lula SEM PROVAS pelo Juiz Sérgio Moro, reforça ainda mais o estado de exceção no qual o Brasil vive desde o golpe contra o governo legitimamente eleito da presidenta Dilma. Baseado em...

PTSC no Twitter

PTSC no Facebook

Cartilha, Direito de Resposta

Recursos Federais em SC

Nosso Endereço

Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina.
Praça Olívio Amorim, 36, CEP: 88.020-090, Florianópolis - SC
Fone/Fax: 48 3028-6313

Receber informativo

Entrar em Contato

Email:
Assunto:
Mensagem:

Sites Importantes