Terça, 23 Maio 2017

 

PEC 241/2016: um futuro congelado e sem perspectiva para o povo brasileiro


Leia Mais

Pacote com 55 ameaças aos direitos dos trabalhadores tramita no parlamento


Leia Mais

A audiência que se tornou popular


Leia Mais

Audiência Pública discute excessos da PM e reintegração de posse no Campus Palhoça


Leia Mais

Gilberto Carvalho debate desafios e perspectivas para o país em São Domingos


Leia Mais

Juízes e Promotores têm atestado de idoneidade vitalício?


Leia Mais

As dez medidas como projeto de poder


Leia Mais

Seminários Macrorregionais tem última rodada em Lages para discutir retrocessos e estado mínimo que vivemos no pós-golpe


Leia Mais

PT antecipa a eleição das direções municipais, estaduais e nacional


Leia Mais

Reuniões Microrregionais começam nesta sexta-feira em Araranguá


Leia Mais

PEC 241/2016: um futuro congelado e sem perspectiv...

Pacote com 55 ameaças aos direitos dos trabalhador...

A audiência que se tornou popular

Audiência Pública discute excessos da PM e reinteg...

Gilberto Carvalho debate desafios e perspectivas p...

Juízes e Promotores têm atestado de idoneidade vit...

As dez medidas como projeto de poder

Seminários Macrorregionais tem última rodada em La...

PT antecipa a eleição das direções municipais, est...

Reuniões Microrregionais começam nesta sexta-feira...

Segundo professor na sala de aula é lei: Luciane comemora derrubada do veto ao PL de sua autoria

A partir de agora, é obrigatório a presença do segundo professor de turma nas salas de aula da rede pública estadual. A proposta de autoria da deputada estadual Luciane Carminatti foi promulgada pela presidência da Assembleia Legislativa, como Lei N° 17.143, de 15 de maio de 2017, após derrubada do veto do governador do Estado ao Projeto 207/2013. "É uma alegria imensa aprovar esta lei que trará valorização à educação especial, aos educandos que terão seus direitos respeitados e aos professores com formação na área", comemora Luciane. A lei garante o acompanhamento do segundo professor aos alunos com diagnóstico de deficiência múltipla, motora, física, mental, associada a transtorno psiquiátrico, com autismo e déficit de atenção. "O acompanhamento deverá ser feito por profissional habilitado em educação especial, que em conjunto com o professor titular auxiliará no desenvolvimento e qualificação da prática pedagógica", destaca a parlamentar.

 

Luciane reconhece que a lei regulamentará a atuação do professor na sala de aula, da contratação à qualificação, melhorando o processo de aprendizagem dos alunos. "Este profissional passa a ter direitos, como a seleção por processo seletivo público, equiparação salarial e a garantia de formação continuada, mas ele também tem uma série de deveres e atribuições. Terá que se envolver nas atividades pedagógicas, participar dos conselhos e da comunidade escolar e propor adequações curriculares que facilitem a aprendizagem ao aluno. Ou seja, que não fique isolado ou às margens do processo de ensino", enfatiza.


REPERCUSSÃO DA LEI NAS REDES SOCIAIS
Pelas redes sociais, a deputada tem recebido milhares de manifestações de todas as regiões do estado, reconhecendo a importância da aprovação da lei. "Minha filha autista perdeu o segundo professor no ano passado, e desde então tenho tentado a duras penas conseguir que ela volte a ser atendida. O segundo professor é de vital importância para uma criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA), síndrome de Down, Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e outros. Estou pessoalmente agradecida, pois quem tem casos na família sabe que a luta é dura, mas a esperança não esmorece", relatou a mãe de uma aluna.

Uma outra mãe comemorou: "Agora minha filha portadora de necessidades especiais vai poder terminar seus estudos e se socializar mais". "Um grande passo para a educação inclusiva. Tenho certeza que muitos pais ficarão mais tranquilos sabendo que seus filhos especiais agora têm a garantia do segundo professor de sala para auxiliá-los na sua aprendizagem como um todo!", comentou uma apoiadora de Nova Erechim.

Segundo a deputada, que também é professora, a derrubada do veto do governador com 28 votos representa uma vitória importante à educação em Santa Catarina. "Venceu a persistência, pois estamos desde 2013 atuando pela aprovação do projeto. Mas essa grande conquista é das famílias catarinenses que têm filhos com deficiência e lutam diariamente por igualdade e respeito", conclui Luciane.


Foto: Miriam Zomer/Agência AL


--


--

ESTER KOCH DA VEIGA
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
048 9911-0347
WhatsApp 049 9177 1112

 

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

NOTA DA BANCADA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA

23 Maio 2017
NOTA DA BANCADA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA

O governo Colombo vive nos dias atuais sua pior crise, após ter o nome do governador e de agentes públicos de primeiro escalão citados por diferentes delações, nos casos de recebimento de propina da Odebrecht e da JBS/Friboi nas eleições de 2014. Fatos esses agravados pela saída do governo, no...

Cerca de 30 ônibus partem de SC com destino ao Ocupa Brasília

23 Maio 2017
Cerca de 30 ônibus partem de SC com destino ao Ocupa Brasília

As ruas de Brasília serão ocupadas pelo povo brasileiro, que exige a saída de Temer e eleições diretas para a Presidência da República, nesta quarta-feira (24). As pautas foram convocadas para barrar as reformas do governo golpista, como a da Previdência e dos direitos trabalhistas, mas a reviravolta na conjuntura...

José Álvaro de Lima Cardoso: A delação dos donos da JBS e o verdadeiro custo do golpe no Brasil

23 Maio 2017
José Álvaro de Lima Cardoso: A delação dos donos da JBS e o verdadeiro custo do golpe no Brasil

Na recente delação feita pelos donos da JBS, um deles afirmou que a empresa desembolsou, entre 2010 e 2017, mais de 1 bilhão de reais em propinas. Segundo versão da turma que coordena a Lava Jato a quantidade de propina pagas alcança algo em torno de dois bilhões de dólares....

URGENTE: Movimentos sociais pedem impeachment de Colombo

23 Maio 2017
URGENTE: Movimentos sociais pedem impeachment de Colombo

Representantes de Movimentos Sociais protocolaram pedido de impeachment do governador Colombo, por crime de responsabilidade, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na manhã desta terça-feira (23). O pedido traz a auditoria promovida pelo TCE/SC, que apontou a prática ilegal da "doação" pela Celesc ao Fundosocial, entre 2015 e 2016, no...

PTSC no Twitter

PED 2017 - Documentos

Golpe en Brasil: Genealogia de una Farsa

Acesse nosso Canal no Telegram

Cartilha, Direito de Resposta

Cartilha, Em defesa do PT

Recursos Federais em SC

Nosso Endereço

Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina.
Praça Olívio Amorim, 36, CEP: 88.020-090, Florianópolis - SC
Fone/Fax: 48 3028-6313

Receber informativo

Entrar em Contato

Email:
Assunto:
Mensagem:

Sites Importantes