Segunda, 19 Fevereiro 2018

lula

Slideshow - Notícias

PARABÉNS PT 38 ANOS!


Leia Mais

PARABÉNS PT 38 ANOS!

Seminários Macrorregionais tem última rodada em Lages para discutir retrocessos e estado mínimo que vivemos no pós-golpe

Os Seminários Macrorregionais do Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina tiveram a última rodada nesta quinta-feira (1), em Lages. Com o objetivo de debater sobre as medidas do governo Termer contra o povo brasileiro, os seminários que aconteceram em São Miguel do Oeste, Chapecó, Canoínhas, Concórdia, Joinville, Blumenau, Rio do Sul, Criciúma, Florianópolis e Lages, contaram com a presença de diversas lideranças petistas, incluindo deputados federais e estaduais do partido, além do presidente do PT-SC, Claudio Vignatti.

Um dos temas abordados em todas as reuniões foi a PEC 55 (antiga 241), que durante esta semana foi aprovada em primeiro turno no Senado. A PEC do teto dos gastos públicos ou, como foi nomeada “PEC da morte”, nome dado por ela congelar por 20 anos gastos com a saúde, educação e assistência social, significa retrocedermos uns 40 anos na conquista de direitos sociais.

O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo, onde a diferença entre os ricos e pobres é maior, mesmo nos governo do PT, que incluíram mais de 35 milhões de pessoas na classe média, reduzindo a pobreza extrema em 75%, os ricos continuaram numa tendência mundial aumentado seus ganhos. Algumas conquistas nas áreas de saúde, educação e moradia foram substanciais ao longo dos 13 anos de gestão do PT. Mas isso só foi possível porque o Estado trabalhou como indutor de políticas sociais, ou seja, os governos do PT atuaram numa linha de fortalecimento do Estado.

Para Vignatti, o país viveu em pleno emprego, o governo do PT mostrou que outro mundo era possível. “Tivemos experiências extraordinárias do sonho de que o povo poderia melhorar de vida. Nós conseguimos ter uma hegemonia de políticas públicas na América Latina para a população que mais precisa, por isso, eles precisaram armar o golpe, para trazer essa PEC e outras reformas que irão destruir direitos conquistados", ressaltou.

Os golpistas que assumiram o poder querem dilapidar o Estado brasileiro, deixando que o capital regule as relações comerciais e sociais, ora nesta lógica, sem a intervenção do Estado, é certo que vamos regredir muito na conquista de direitos.
Na perspectiva econômica, o economista técnico do Dieese, José Álvaro de Lima Cardoso, explicou que nunca viu um tabuleiro de conjuntura tão complexo para analisar. De acordo com ele, existe uma crise internacional inédita, a pior de todas e podemos ainda ficar vários anos nela. Outro aspecto é a crise nacional, com a política neoliberal, ainda de acordo com ele.

"Em nenhum lugar do mundo a saída neoliberal deu certo em uma crise. Se a gente for pensar, que bloco de interesses tiraram a Dilma do governo? Pontuo três, o primeiro deles são os ladrões, o pessoal que não queria que a lava-jato chegasse em seu nome e não serem presos. O segundo bloco são os super-ricos, que visavam retirar direitos, a CLT também está em jogo. O terceiro bloco de interesses é o império. O que os EUA querem apoiando o golpe? A nossa matéria prima: Amazônia, minerais e a água, além de nossa soberania, a geopolítica", pontuou José Álvaro.

Mas será mesmo que é preciso cortar gastos públicos? Onde o Estado gasta mais? No gráfico acima, a divisão das despesas do governo, nele, fica claro que quem mais se beneficia da dívida pública são os banqueiros, ou seja, o governo está tirando dos pobres para dar aos banqueiros.

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

Ao completar 38 anos, PT comemora alinhamento com 85% da população, diz Dresch

16 Fevereiro 2018
Ao completar 38 anos, PT comemora alinhamento com 85% da população, diz Dresch

O deputado estadual, Dirceu Dresch, líder da Bancada do PT na Alesc, comemorou os 38 anos do Partido dos Trabalhadores, completados no último dia 10 de fevereiro. “Há 38 anos, era criado no Brasil um novo partido, surgido da necessidade de milhões de cidadãos de intervir na vida social e...

Luciane diz que professores jamais terão aposentadoria pública com reforma da previdência

16 Fevereiro 2018
 Luciane diz que professores jamais terão aposentadoria pública com reforma da previdência

A deputada estadual, Luciane Carminatti (PT/SC) disse que os professores jamais terão aposentadoria pública se a reforma da previdência for aprovada. “Vai afetar frontalmente os professores deste país.” Em agenda com educadores pela na região Oeste na última semana, a deputada afirmou que foi questionada sobre a dificuldade de um...

SINE poderá ter cadastro de pessoas acometidas pela LER

16 Fevereiro 2018
SINE poderá ter cadastro de pessoas acometidas pela LER

A pessoa com Lesão por Esforço Repetitivo (LER) tem alguns movimentos limitados, mas isso não impede que ela desenvolva outras funções. Com o objetivo de incluir estas pessoas no mercado de trabalho, propiciando mais qualidade de vida, o deputado Neodi Saretta, está solicitando a elaboração um cadastro específico de pessoas...

Padre Pedro pede mais investimento em saúde preventiva e práticas integrativas

16 Fevereiro 2018
Padre Pedro pede mais investimento em saúde preventiva e práticas integrativas

Na esteira dos debates sobre o não cumprimento, em 2017, da Emenda que obriga o Governo do Estado a repassar 13% dos recursos à saúde, o deputado Padre Pedro Baldissera questionou também o modelo de atendimento em Santa Catarina e no Brasil. No último ano o Estado aplicou 12,6%, o...

Carnaval de 2018 foi de denúncia ao golpe, à mídia e de apoio a Lula, disse Ana Paula

16 Fevereiro 2018
Carnaval de 2018 foi de denúncia ao golpe, à mídia e de apoio a Lula, disse Ana Paula

A deputada estadual Ana Paula Lima, disse hoje, no Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que o Carnaval de 2018 entra para a história do Brasil, como um dos mais politizados. “Denunciou, de forma lúdica, o golpe para o mundo constrangendo a grande mídia, em especial a Rede Globo...

PTSC no Twitter

PTSC no Facebook

Cartilha, Direito de Resposta

Nosso Endereço

Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina.
Praça Olívio Amorim, 36, CEP: 88.020-090, Florianópolis - SC
Fone/Fax: 48 3028-6313

Receber informativo

Entrar em Contato

Email:
Assunto:
Mensagem:

Sites Importantes

 
 cutsc
 frente
 povosemmedo
doacao
 estrela do pt 2