Segunda, 19 Fevereiro 2018

lula

Slideshow - Notícias

PARABÉNS PT 38 ANOS!


Leia Mais

PARABÉNS PT 38 ANOS!

Audiência Pública discute excessos da PM e reintegração de posse no Campus Palhoça

Uma Audiência Pública para discutir com a reitora do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Maria Clara Kaschny, sobre a reintegração de posse do Campus Palhoça Bilíngue, aconteceu nesta terça-feira (29), no prédio da reitoria, em Coqueiros, Florianópolis. A escola está ocupada desde o dia 1º de novembro após uma assembleia com alunos realizada no dia 31 de setembro. Durante a Audiência, as principais queixas foram sobre os excessos cometidos pela Polícia Militar, quando invadiu o Campus ocupado, fazendo inclusive revista íntima em meninas e meninos menores de idade, além do desligamento de energia da unidade.

De acordo com relatos de alunos, no último dia 19 a energia no Campus de Palhoça foi cortada às 19h, em seguida, às 23h um forte aparato policial apareceu no local com a presença de servidores do IFSC e, segundo o relato da professora Elenira Vilela, a PM revistou, fotografou e filmou os estudantes, inclusive os menores de idade.

 

Entre os encaminhamentos da Audiência, foi pedido que a reitora retirasse o processo que criminaliza o movimento das ocupações. Como resposta, ela garantiu que entraria com um pedido na Justiça Federal e prometeu ir pessoalmente conversar com o juiz para que a reintegração de posse fosse suspensa e encerrar este impasse. Porém, quando foi pedido que Maria Clara se retratasse pelos abusos policiais cometidos contra alunos e o desligamento da energia, ela foi enfática ao se negar. “Não posso me desculpar por aquilo que não fiz”, disse, assumindo apenas a autoria da falta de energia da escola ocupada, onde estudavam também alunos com deficiência auditiva.

Em uma das falas, foi pedido que o acontecido no último dia 19 no campus fosse encaminhado para a Comissão de Ética para que seja analisado. A advogada Lele de Souza, explicou partes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que foi ignorado pela força policial. “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”, citou Lele.

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

Ao completar 38 anos, PT comemora alinhamento com 85% da população, diz Dresch

16 Fevereiro 2018
Ao completar 38 anos, PT comemora alinhamento com 85% da população, diz Dresch

O deputado estadual, Dirceu Dresch, líder da Bancada do PT na Alesc, comemorou os 38 anos do Partido dos Trabalhadores, completados no último dia 10 de fevereiro. “Há 38 anos, era criado no Brasil um novo partido, surgido da necessidade de milhões de cidadãos de intervir na vida social e...

Luciane diz que professores jamais terão aposentadoria pública com reforma da previdência

16 Fevereiro 2018
 Luciane diz que professores jamais terão aposentadoria pública com reforma da previdência

A deputada estadual, Luciane Carminatti (PT/SC) disse que os professores jamais terão aposentadoria pública se a reforma da previdência for aprovada. “Vai afetar frontalmente os professores deste país.” Em agenda com educadores pela na região Oeste na última semana, a deputada afirmou que foi questionada sobre a dificuldade de um...

SINE poderá ter cadastro de pessoas acometidas pela LER

16 Fevereiro 2018
SINE poderá ter cadastro de pessoas acometidas pela LER

A pessoa com Lesão por Esforço Repetitivo (LER) tem alguns movimentos limitados, mas isso não impede que ela desenvolva outras funções. Com o objetivo de incluir estas pessoas no mercado de trabalho, propiciando mais qualidade de vida, o deputado Neodi Saretta, está solicitando a elaboração um cadastro específico de pessoas...

Padre Pedro pede mais investimento em saúde preventiva e práticas integrativas

16 Fevereiro 2018
Padre Pedro pede mais investimento em saúde preventiva e práticas integrativas

Na esteira dos debates sobre o não cumprimento, em 2017, da Emenda que obriga o Governo do Estado a repassar 13% dos recursos à saúde, o deputado Padre Pedro Baldissera questionou também o modelo de atendimento em Santa Catarina e no Brasil. No último ano o Estado aplicou 12,6%, o...

Carnaval de 2018 foi de denúncia ao golpe, à mídia e de apoio a Lula, disse Ana Paula

16 Fevereiro 2018
Carnaval de 2018 foi de denúncia ao golpe, à mídia e de apoio a Lula, disse Ana Paula

A deputada estadual Ana Paula Lima, disse hoje, no Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que o Carnaval de 2018 entra para a história do Brasil, como um dos mais politizados. “Denunciou, de forma lúdica, o golpe para o mundo constrangendo a grande mídia, em especial a Rede Globo...

PTSC no Twitter

PTSC no Facebook

Cartilha, Direito de Resposta

Nosso Endereço

Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina.
Praça Olívio Amorim, 36, CEP: 88.020-090, Florianópolis - SC
Fone/Fax: 48 3028-6313

Receber informativo

Entrar em Contato

Email:
Assunto:
Mensagem:

Sites Importantes

 
 cutsc
 frente
 povosemmedo
doacao
 estrela do pt 2