• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • default style
  • blue style
  • green style
  • red style
  • orange style

Imprimir

Florianópolis, 17 de abril de 2014 –  A obra de duplicação do acesso Plínio Arlindo de Nes, que liga Chapecó a BR 282 está aproximadamente 92% concluída. Na manhã desta quinta-feira (17), lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT), de Santa Catarina, foram vistoriar o andamento das obras, acompanhados pelo técnico do Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit) e da empresa responsável pela fiscalização. O investimento final chega a R$ 93,7 milhões, sendo que 80% dos recursos são do governo Federal.

Imprimir

Lages, 11 de abril de 2014 - “Compreender o projeto do PT para o Brasil, o papel dos municípios no desenvolvimento brasileiro e o diálogo federativo”, este o propósito do curso de formação ministrado aos prefeitos, prefeitas, vices e vereadores e vereadoras do Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina. A programação iniciou ontem (10) e encerra hoje (11), em Lages.

Imprimir

Florianópolis 09/04/14 -  "Se prevalecer o texto original, teremos um servidor efetivo para cada dois comissionados no órgão. É favorecer o apadrinhamento em detrimento da qualificação profissional.", afirma Dresch A Comissão de Finanças e Tributação aprovou na manhã desta quarta-feira (9) o Projeto de Lei Complementar (PLC) 30/2013, que permite a criação de 435 cargos comissionados, sem concurso público, no Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

O deputado Dirceu Dreh (PT), protestou e defendeu emenda ao projeto que determinava que os cargos fossem por concurso público. O relator da matéria, deputado Darci de Mattos (PSD), descartou emenda da bancada do PT, aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, que obrigava a realização de concurso público para preenchimento das vagas requeridas pelo MPSC. Seu relatório foi aprovado com voto contrário do deputado Dirceu Dresch (PT), seguido pelas deputadas Luciane Carminatti (PT) e Ângela Albino (PC do B).

Imprimir

 Supersalários, compra de terreno e contrato de linhas de comunicação são alvo de suspeitas

Florianópolis 11/04/14 -Ações do Ministério Público de Santa Catarina tem estado na mira do deputado estadual Jailson Lima. "Não se trata de uma ação personificada ou política. O ministério, assim como qualquer prefeitura ou órgão público, precisa ser investigado", assegurou Jailson. O deputado frisou que são três críticas que tem feito ao MP-SC.

Programa do PT - Segurança

Programa do PT - Saúde

Buscar no site

Cartilha 10 anos do PT no Governo

Acesse






Informativo Eletrônico

Cadastre seu e-mail para receber informações do PT-SC.